As 20 lojas virtuais mais poderosas do Brasil

As 20 lojas virtuais mais poderosas do Brasil

Saber quem são os pequenos, médios e grandes concorrentes é uma atividade importantíssima dentro do contexto de planejamento e-commerce que você realiza em parceria com a sua agência de Marketing Digital favorita.

Para lhe ajudar nesta tarefa, queremos apresentar algumas informações importantes sobre as maiores lojas virtuais do Brasil, o que lhe permitirá fazer comparações e sonhar em chegar lá no topo um dia.

Então, na lista a seguir, nós relacionamos as 20 lojas virtuais mais poderosas do Brasil conforme o Ranking SBVC produzido pela Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo. Confira:

1. Americanas
2. Submarino
3. Shoptime
4. Soubarato

As quatro lojas mencionadas anteriormente são propriedade da B2W Digital, empresa fundada em 2006 com a fusão das três primeiras lojas da lista. Juntas, elas faturaram mais de R$ 9 bilhões em 2014.

5. Casas Bahia
6. Ponto Frio
7. Cdiscount
8. Barateiro
9. Extra

Controladas pela Cnova (empresa multinacional com sede nos Países Baixos), as lojas virtuais das Casas Bahia, Ponto Frio, Cdiscount, Barateiro e Extra tiveram um faturamento de R$ 5,8 bilhões em 2014.
10. Magazine Luiza

A história do Magazine Luiza pode ser uma inspiração para muita gente que está começando agora no e-commerce. Em 1957, o casal Luiza Trajano e Pelegrino José Donato iniciaram seu império com apenas uma pequena loja física em Franca, interior de São Paulo. Nas décadas seguintes, com a ajuda de alguns sócios, os fundadores criaram uma vasta rede de lojas pelo interior e na capital paulista.

Em 1992, o Magazine Luiza criou um modelo de negócios de lojas eletrônicasque funcionava em terminais e mais tarde evoluiu para a atual loja virtual, o que foi feitobem antes do lançamento da primeira agência de Marketing Digital e da venda do primeiro livro via internet pela Amazon. Em 2014, o e-commerce Magazine Luiza faturou R$ 2,5 bilhões.

11. Ricardo Eletro
12. Insinuante
13. Citylar
14. Salfer
15. Eletroshopping

Com faturamento de R$ 1,8 bilhões e 2014, as cinco lojas virtuais citadas anteriormente pertencem ao grupo Máquina de Vendas, que atualmente é a maior empresa varejista do Brasil (apenas seis anos depois de sua fundação em 2010).

16. Privallia

Fundada em 2006, em Barcelona, Espanha, a Privallia é uma multinacional líder no comércio de moda. Faturou R$ 1,6 bilhão com sua loja virtual em 2014, em território nacional.

17. Netshoes

Apesar de fundada no Brasil, em 2000, a Netshoes está presente também em países como o México e Argentina. Além do próprio comércio eletrônico, a empresa administra as lojas oficiais de vários times de futebol, entre eles, o Palmeiras, o Cruzeiro, o San Lorenzo e o Monterrey. Em 2014, faturou R$ 1,5 bilhão.

18. Dafiti
19. Kanui
20. Tricae

As três lojas que fecham a lista são propriedade da GFG, uma empresa multinacional presente em 27 países. Só na América Latina, o grupo possui mais de 5 milhões de clientes. Em 2014, o faturamento foi de R$ 773 bilhões.

Esses números altos podem colocar as pessoas comuns para baixo e desanimadas quanto a procurar uma agência de Marketing Digital e abrir uma loja virtual, mas aqueles que são empreendedores sabem que é possível começar pequeno como o Magazine Luiza e crescer até o topo (às vezes devagar e outras vezes bem rápido). Talvez esse seja o seu perfil!

Deixe seu comentário
Related Posts