5 Mitos sobre Marketing de Conteúdo

Agencia de Marketing Digital Estrategias de Marketing Digital
5 Mitos sobre Marketing de Conteúdo

Em 2013, o marketing de conteúdo (MC) cresceu e apareceu. Com as recentes atualizações de algoritmo de ranking do Google, os profissionais da área de SEO e Marketing Digital enfrentam um novo contexto, adaptando sua forma de trabalho para alcançar resultados melhores diante das novidades. A partir disso, ficou bem claro: Conteúdo é REI!

5-mitos-sobre-marketing-de-conteudo

Se você quer entender mais sobre o assunto, cuidado para não cair nas armadilhas que estão espalhadas pelos cantos da internet. Então, confira alguns dos mitos que podemos ler ou ouvir por aí.

Mito 1: Marketing de Conteúdo é fácil

As estratégias de MC se baseiam na tríplice Conheça, Curta e Confie. Como já dizem os sábios da cultura popular, confiança nunca é fácil de ser conquistada e, uma vez despedaçada, é muito difícil ser recuperada. Embora uma relação entre consumidor e marca possa não ser intensa (principalmente nas redes sociais), a construção da confiança acontece gradativamente. Cada conteúdo criado eleva a marca mais um degrau rumo à confiança de seus consumidores.

Mito 2: Não exige muito tempo

O processo de criação de um conteúdo possui etapas que, por si só, já são desafiadoras. Em conjunto e sincronia são ainda mais complexas e o tempo normalmente é muito curto para a entrega desses conteúdos. Entenda como as etapas exigem tempo para desenvolver as ideias e pesquisas:

Desenvolvimento da estratégia de conteúdo: Isso inclui a análise de palavras-chave, pesquisa de mercado, SEO, auditoria do site, auditoria de conteúdo, recursos de auditoria e muito mais.

Constante criação de conteúdo: Esta etapa é demorada, intensiva e trabalhosa. É necessário um brainstorming de ideias sobre redação, criação gráfica, disposição e forma de comunicação (se infográfico, post em blogs, e-book ou mídias sociais).

Distribuição de conteúdo e promoção: Isso inclui investimento alto de tempo ao divulgar o conteúdo como marketing de mídia social, e-mail marketing e marketing de busca.

Medição de desempenho de conteúdo: Isso inclui analisar a saída do marketing de conteúdo com métricas de sucesso.

É impossível investir em (verdadeiro) marketing de conteúdo como um atalho para o sucesso digital. Exige tempo e trabalho em grupo, mais do que qualquer outro fator.

Mito 3: Pode ser automatizada

Se antes as estratégias de SEO poderiam ser automatizadas (black hats, no caso), esta era ficou para trás! Para a realização bem sucedida do MC, a matéria prima é uma só: tutano! É preciso juntar forças e criatividade para inovar ou então você irá falhar. Processos produtivos como a estratégia de conteúdo, estratégia de mídia social, gestão comunitária e criação de conteúdo são feitas sob medida para cada caso. É claro que alguns processos podem ter automatizados, como alertas e processos de repetição, mas não se engane! Como a Forbes (texto em inglês) prediz, sobre as tendências de marketing de conteúdo para 2014, “as empresas vão procurar maneiras de automatizar o seu marketing de conteúdo e estes esforços irão falhar.”

Mito 4: Produzir conteúdo é barato

É impossível comparar o gasto de dinheiro e resultados obtidos em cada área da comunicação, marketing, relações públicas e publicidade uma vez que suas ferramentas são tão diferentes, assim como o resultado final. Embora gastos de MC não se comparem a propagandas televisivas, não deixam de ser consideráveis, exceto sucessos virais inesperados;

Onde o sucesso de MC será construído e realizado ao longo de anos de várias técnicas consistentes de construção de marca; e devem ser orçados como tal.

Mito 5: Marketing de conteúdo é trabalho para estagiário

No início da cultura massiva das mídias sociais, era altamente recomendável que pessoas jovens fossem responsáveis por este meio, uma vez que elas estavam mais presentes nas redes. Porém, MC hoje não é mais brincadeira. Passou-se a era dos experimentos e em que tudo era novo onde não existia certo e errado. Hoje todas as idades estão na internet e redes sociais, e há uma etiqueta clara de comportamento empresarial online para não queimar seu caminho.

Hoje, MC veio para ficar e está atraindo os melhores profissionais de várias áreas, desde jornalistas a analistas de sistemas. Em 2014, a previsão é que MC eleve cargos, o profissional será muito mais especializado e as empresas que ainda não aderiram à novidade, não terão outra escolha.

Deixe seu comentário
Related Posts